Notícias

Conheça o BTP Educa

s2
Brasil Terminal Portuário e Prefeitura de Santos assinam protocolo para o programa ‘BTP Educa’
Santos, 2 de Maio de 2013 – A Brasil Terminal Portuário (BTP) e a Prefeitura Municipal de Santos assinaram hoje o Protocolo de Intenções, que visa a implementação do programa BTP Educa. O programa foi desenvolvido com o objetivo de incentivar a criatividade e a consciência sustentável entre os cerca de 2.000 alunos do 1º ao 5º ano do ensino fundamental de seis unidades da rede pública de ensino, vizinhas ao terminal, e vai estimular a competição sadia entre os alunos, por meio de concursos culturais no decorrer do ano.

A assinatura do Protocolo ocorreu nas dependências da Unidade Municipal de Educação José da Costa e Silva Sobrinho, no Jardim Piratininga, em Santos durante evento que contou com as presenças dos prefeitos de Santos, Paulo Alexandre Barbosa e de Bertioga, Mauro Orlandini; do presidente da BTP, Henry James Robinson; da secretária municipal de Educação de Santos, Jossélia Fontoura; da diretora da escola, Ana Maria Lima; do presidente da Sociedade de Melhoramentos do Piratininga, Francisco Nascimento e do vereador Benedito Furtado. Além destes, que formaram a mesa da solenidade, também estiveram presentes representantes da BTP, diretoras e professoras das escolas envolvidas, entre outros.

Os trabalhos começarão neste mês de maio, e o primeiro tema a ser desenvolvido pelos alunos das seis escolas municipais será o da dengue.

Dirigindo-se aos cerca de 100 alunos que participaram do evento, o diretor presidente da BTP, Henry James Robinson, observou: “A parceria mais gostosa é aquela que mexe com a Educação e, principalmente, a que envolve essa garotada. A gente olha para eles e vê o Brasil daqui a alguns anos. E o objetivo do programa é esse, de passar para essas crianças a questão do meio ambiente, ajudando a dar a elas as primeiras noções de sustentabilidade. Ao mesmo tempo, é despertado o sadio espírito da competição, através do estímulo à participação dentro das escolas, pois através de um aluno vencedor toda a equipe envolvida, e inclusive a unidade de ensino, é premiada”.

O prefeito Paulo Alexandre Barbosa destacou a parceria com a BTP: “Estou muito feliz de estar aqui, nesta parceria com a BTP, empresa que está se instalando aqui perto e que vai gerar muitos empregos e contribuir para o crescimento da nossa Cidade. Um projeto como este em linha com o esforço contínuo da Prefeitura para melhorar a Educação”.

A secretária Jossélia Fontoura disse que estava muito feliz com a parceria “que vem ao nosso encontro de desenvolver projetos aliados à questão ambiental e à conscientização socioambiental, por meio da competição sadia entre alunos e as escolas municipais. Espero que seja um trabalho de sucesso e que as crianças se empenhem muito”. Ela observou que as escolas estão em zonas residenciais, “onde a presença do verde é muito importante”.

Após a assinatura do protocolo foi apresentado o rap “Teremos que Combater”, de autoria do aluno Lucas Dantas de Matos, 12 anos, do 6º ano B, da professora Ilza Pinheiro. Lucas e seus colegas David e Douglas falaram dos cuidados com o mosquito da dengue e dos métodos de prevenção. “Não podemos dar mole/ teremos que combater a dengue/ essa batalha teremos que vencer”, diz uma estrofe. Eles já estão entusiasmados com o programa BTP Educa e afirmaram que vão se esforçar para vencer os concursos.

Como será

O programa BTP Educa visa estimular o espírito de equipe entre os alunos dentro das escolas, pois através de um aluno vencedor, toda a equipe envolvida é premiada. Este critério de premiação – extensiva aos professores, aos supervisores, aos diretores e às escolas – auxilia na promoção do círculo virtuoso do engajamento.

O programa foi apresentado e discutido entre a BTP e a Secretaria Municipal de Educação, que expressou seu apoio e colaborou com a estruturação. Com a participação da secretária Jossélia Fontoura e de sua chefe do Departamento de Planejamento Educacional, Audrey Kleys, e da chefe do Departamento Pedagógico, Elise Cordeiro dos Santos, a Secretaria de Educação indicou seis Unidades Municipais de Educação (UMEs) a serem inicialmente alcançadas pelo BTP Educa.

As escolas foram escolhidas com base em critérios como a proximidade ao empreendimento da BTP. São elas: José da Costa e Silva Sobrinho, José Carlos de Azevedo Jr., Mário de Alcântara, Martins Fontes, Oswaldo Justo e 28 de Fevereiro.

Desta forma, o programa consiste na aplicação mensal de concursos culturais individuais entre os alunos, com temas variados sempre com foco em sustentabilidade. Será permitido à Secretaria de Educação auditar os trabalhos concorrentes. Ao fim de cada semestre, haverá um evento para a premiação, que contará com presentes como play stations II, bicicletas, televisores entre outros.

A Brasil Terminal Portuário (BTP) é uma joint venture entre a Terminal Investment Limited (TIL) e a APM Terminals, ambas com vasta experiência em construção, gerenciamento e operação portuária em dezenas de países ao redor do mundo. Localizada estrategicamente na margem direita do Porto de Santos, a empresa investe R$ 1,8 bilhão na construção do terminal, com início de operação previsto para o primeiro semestre de 2013.

Informações para a imprensa:
In Press Porter Novelli
Tais Barros
(11) 3323-1563
tais.barros@inpresspni.com.br

Z Consultoria de Comunicação
José Carlos Silvares
(13) 3224-7433
silvares@uol.com.br

Comunicação Corporativa Brasil Terminal Portuário (BTP)
Yara Gonçalves da Motta – y.motta@braporto.com.br (13) 3295-5000
Matheus Pereira – m.pereira@braporto.com.br (13) 3295-5000