O programa que proporciona a visita às modernas instalações do terminal será destinado a instituições de ensino (superior e técnico), associações não governamentais, grupos organizados, comunidade em geral, e também aos familiares dos colaboradores.

O espaço destinado à recepção dos participantes é a Casa do Visitante, local criado para transmitir informações, viabilizar pesquisas e contar um pouco da história da Brasil Terminal Portuário e da região.

Durante a visita monitorada, todos receberão informações sobre a BTP, sobre seus programas ambientais, questões de segurança, além de fazer um tour guiado pelo Terminal.

As visitas acontecerão quinzenalmente, às terças-feiras. Em seu novo formato, o calendário para agendamento será aberto três vezes ao ano, respectivamente nos meses:.

  • Janeiro – para visitas de Fevereiro, Março e Abril;
  • Abril – para visitas de Maio, Junho e Julho;
  • Julho – para visitas de Agosto, Setembro, Outubro e Novembro.



Este novo formato permitirá que a rotatividade das instituições e grupos aumente, oferecendo assim oportunidades iguais para toda a comunidade.

Os interessados devem enviar um ofício* em papel timbrado da instituição manifestando o interesse e as datas sugeridas para a visita, por e-mail, para o endereço: agendamento.visita@btp.com.br, acompanhado dos formulários preenchidos:


- Formulário ‘Solicitação de Visitas’ (clique aqui para download)
- Formulário ‘Dados dos Visitantes’ (clique aqui para download)
*O documento deve ter a assinatura do responsável pelo grupo.

IMPORTANTE!

1) Informamos que, a partir de 1/5/2017, o agendamento de visitas para os sábados encontra-se suspenso. Para consultar a disponibilidade de agendamento para as terças-feiras, envie um e-mail para agendamento.visita@btp.com.br.

2) Todos os visitantes devem estar de calça comprida, sapato fechado sem salto e blusa com manga. Na área operacional, será proibida a entrada de grupos que não estiverem trajados de acordo. Lembramos também que é proibida a entrada de menores de 16 anos em área alfandegada e também dos que não possuírem CPF.

3) Os devidos equipamentos de segurança (EPIs) serão entregues aos visitantes, pela BTP, e são de uso obrigatório em área operacional.

4) O número mínimo para formação de um grupo e atendimento no Programa Casa Aberta é de 23 pessoas, maiores de 16 anos. O máximo é de 45 inscritos. Caso, no dia da visita, haja participação efetiva de quantidade entre 80 e 50% dos inscritos no P.CI.004, os alunos serão atendidos no dia da visita, porém a instituição de ensino de referência receberá uma advertência. Com duas advertências, a instituição ficará impedida de remarcar visita pelos próximos dois períodos de agendamento.

Caso, no dia da visita, haja participação efetiva de quantidade inferior a 50% dos inscritos no P.CI.004, os alunos não serão atendidos no dia da visita (sendo a mesma cancelada), e a instituição de ensino de referência ficará impedida de remarcar visita pelos próximos dois períodos de agendamento.